quinta-feira, 14 de abril de 2011

Cigana


Andar nas trilhas
Colher flores do campo
juro!
Queria novamente correr por lá.
Sentir o vento batendo em meu rosto
Ser menina feito moça
E encantada com a vida tecer amores.

Mas o tempo não para e parar pra pensar
Nem pensar.
Ficou distante esse tempo.
Um ano a mais e muitos outros ficaram para trás.

Tropeço nas peças que a vida me trouxe.
Juro!
Queria que o tempo voltasse
E que de novo encontrasse
aquela menina de sonho encantado
de cabelos encaracolados
com cheiro de relva
e poeira nos pés.

Ao olhar para o céu
sinto um pouquinho de medo do tempo que me resta a percorrer
Mas tudo hoje é tão rápido se não prestar atenção, não sentirei a chegada.
ou já cheguei?

Lili Ribeiro

2 comentários:

Joselito de Souza Bertoglio disse...

Oi encontrei teu blog lá na rede inspiraturas já estou te seguindo, gostei muito da tua poesia, se desejar da uma passadinha e segue láhttp://joselito-expressoesdaalma.blogspot.com/

Joselito de Souza Bertoglio disse...

não encontrei o link pra seguidores quando colocar é só me dar um toque que volto e sigo o teu blog